Não sou boa a matemática

Reading Time: 2 minutes

Matematica

– Não sou boa a matemática.

Disse-me ela por diversas vezes durante os últimos tempos, como se os poucos meses que tem de escola fossem o bastante para classificar as suas competências. Não obstante o que parece sentir, o certo é que a avaliação do final dos períodos neste 1º ano mostra o contrário. Parece na verdade estar bem à vontade com os números e operações. Ainda assim, o ‘não sou boa a matemática’ ou ‘a matemática é difícil’ é uma mensagem que parece estar a interiorizar, provavelmente pelo que vai ouvindo de colegas ou nos corredores da escola…

Por estes dias havia uma campanha da Operação Nariz Vermelho a decorrer na escola. Trouxe a referência dos preços das t-shirts, narizes, CDs e garrafas para a água. Com o avô definiram o que ela poderia comprar para apoiar a causa, num acordo de avô e neta.

Ao deitar, pôs-se a fazer contas de cabeça.

Ora, são 3 t-shirts, a 5€… São 15€. Os narizes são 2€. Como compramos 3, são mais 6€. 15€+6€… 21€. O avô disse que podia comprar também um CD para ouvir as músicas. Assim fica 24€ porque o CD é 3€.

Mãe, posso também comprar uma garrafa? Dá-me jeito para levar a água… Só tinhas de me dar 28€.

Deixámo-la fazer o raciocínio todo sozinha, sem interromper, e ficámos impressionados com a facilidade e rapidez com que fez as contas.

Ao terminar o raciocínio disse-lhe:

– E dizes tu que não és boa a matemática…! Parabéns! Fizeste sem qualquer ajuda toda essa conta, para perceberes quanto dinheiro irias precisar de levar para a escola, e não te enganaste. Isso mostra o teu esforço em aprender, mesmo que te pareça difícil. É treino e o treino traz resultados. E vês para que serve a matemática? Para estas coisas práticas do dia-a-dia.